Depoimento de noivos sobre a sonhada viagem de lua de mel

Depoimento de noivos para uma revista…..muito fofo. Obrigada Ruth e Leonardo
“Era uma tarde ensolarada de domingo, olhei para o lado, ela estava dormindo e voltei minhas atenções para o mundo lá fora através de uma janela oval. Lá embaixo há um lago imenso represado por uma estrutura colossal de concreto que outrora foi a maior do mundo: Itaipu, perdera em 2006 o posto para a hidrelétrica chinesa de Três Gargantas.

Como estava feliz, ontem casara com a mulher mais incrível do mundo e hoje estava ali ao lado dela indo para nossa tão sonhada lua de mel.

Estávamos a bordo do voo LA 775 da Lan Chile com destino a Santiago. Ao chegar na capital chilena um translado nos aguardava para conduzir-nos para o Hotel Marriott onde passaríamos a noite.

Apesar do cansaço da festa do casamento seguida de uma viagem internacional, deixamos as coisas no hotel e fomos para um restaurante no centro, chamado de Como Agua para Chocolate.

Já na sala de embarque, enquanto aguardávamos o chamado, nossa brincadeira era identificar os brasileiros que iriam conosco para uma jornada de 11 horas de vôo interrompida por uma escala pré-programada no meio do trajeto. Às 17h entramos no Boeing 767 da LAN e decolamos com a proa apontada para o Oceano Pacífico.

Desde 1520 quando o navegador português Fernão de Magalhães conseguiu contornar a região mais meridional das Américas, a maior massa de água do nosso planeta é chamada de Oceano Pacífico, nome dado pelo navegador devido a este acreditar que tais águas eram menos intempestuosas que às do Oceano Atlântico. Assim como o nome do oceano, 41000 pés abaixo de nós, o vôo foi bem pacífico. Após 5 horas, iniciamos o pouso na enigmática Ilha de Páscoa. Infelizmente a conexão era de 30 minutos, não sendo possível visitar o parque dos mouais. Nova decolagem… e após mais 6 horas, chegamos.

Uma maratona de vôos chegava ao fim e nossa lua de mel se iniciava. Com os olhos brilhando de felicidade e um sorriso estampado no rosto, descemos pela escada da nossa aeronave e fomos andando até a aduana. Uma fila se formava e nela passaríamos os próximos 30 minutos ao som de uma música de palavras estranhas e ritmo empolgante. Passaporte na mão e fomos até o policial de fronteira que disse: Bonsoir, bienvenue à Polynésie française.

A Polinésia Francesa é constituída por 5 arquipélagos, localizada entre a Nova Zelândia e o Chile. A principal ilha, onde está a capital Pappete.

O único aeroporto internacional deste paraíso é o de Faa’a, próximo a capital Papeete na Ilha do Tahiti. Tivemos os passaportes carimbados, passamos na alfândega e andamos até o saguão principal do aeroporto onde um simpático senhor nos aguardava com uma placa escrito: “Mr and Mrs Rios”. Ao lado dele havia uma mulher pronta para nos dar as boas vindas com os famosos colares tahitianos de flores. Após as orientações iniciais sobre os vouchers que ele estava nos dando, fomos convidados a entrar em uma van e conduzidos ao hotel que iríamos passar aquela noite: Le Meridien.

Dentre as 130 ilhas distribuídas em 5 grandes arquipélagos, selecionamos 5 para conhecer: Tahiti (duas noites), Moorea (duas noites), Bora Bora (cinco noites), Taha’a (três noites) e Rangiroa (três noites).

Olhando pelo Google Maps, Moorea tem o formato de um coração e seus habitantes a intitulam de ilha do amor, apesar do nome “moorea” significar largato dourado na linguagem tahitiana.
Ficamos hospedado no Hotel Sofitel. Nosso quarto era amplo, lindo e bem confortável. Alugamos uma scooter e fomos dar a volta na ilha (60km). Devido à origem vulcânica, há picos imensos e um litoral recortado por baías. No dia seguinte fizemos um passeio de jet ski com direito a ver algumas arraias e golfinhos, e de quadriciclo, onde conhecemos melhor o interior da ilha. I

Conhecer os aeroportos regionais e os aviões ATR da Air Tahiti foi uma experiência a parte. A começar pelo aeroporto pequeníssimo, alguns deles localizados em motus (pequenas ilhas formadas por corais mortos). O avião de origem francesa é um turbohélice com 42 assentos. Bem, com os olhos fechados e de mãos dadas, decolamos neste aparelho rumo a Bora Bora.

James Cook foi o primeiro europeu a ficar deslumbrado com a beleza desta ilha polinésia em 1777. Se passaram pouco mais de 200 anos e os americanos criaram uma base militar durante a Segunda Guerra Mundial. Os combates terminaram com a rendição japonesa, mas os militares se negaram a retornar a America tamanho era a afinidade que criaram com a ilha. De fato Bora Bora é única, o paraíso materializado em uma ilha composta por uma montanha central (vulcão extinto) chamado de Otemanu e circundado por uma lagoa de águas rasas e cor azul dos mais variados tons.

Ao desembarcar no aeroporto, a equipe do Hotel Four Seasons já nos aguardava para nos levarmos até o hotel. Durante o translado aquático, ficamos encantados com a beleza da ilha… Sem palavras para descrever. Chegamos ao hotel e fomos conhecer o nosso bungalow over water: são 100mt2. Os próximos 5 dias foram curtidos minuto a minuto neste pedaço do paraíso. O Four Seasons Bora Bora é considerado o melhor hotel romântico do mundo. E não é para menos, afinal de contas, lá tudo foi criado ou pensado para tornar a hospedagem o mais prazerosa possível: o staff te chama pelo nome, concierge pronto para indicar os melhores passeios, amenities da Loccitane, excelentes restaurantes e um maravilhoso cafe da manhã. Na quinta e última noite ainda pudemos desfrutar de um show de dança polinésia companhando bebidas e comidas típicas.

Voltamos ao aeroporto e pegamos o nosso ATR rumo a Taha’a, também conhecida como ilha da baunilha. O Le Taha’a Island Resort fica localizado em um motu privativo e possui como atração principal o coral garden, onde é possível observar no habitat natural inúmeros peixes, moréias, tartarugas marinhas, arraias, etc. Conhecemos também algo sobre a produção das famosas baunilhas e das pérolas negras.

A última ilha a ser visitada era a mais desconhecida e menos explorada por turistas. Rangiroa era uma incógnita para a gente. Quando estávamos sobrevoando a ilha percebemos que a mesma tinha uma forma estranha: era um anel de terra preenchido no meio por água. De fato Rangiroa é um atol enorme. Lá ficamos hospedados no Hotel Kia Ora onde há uma franquia do Top Dive. A grande atração de Rangiroa é o mergulho, sendo que revistas especializadas posicionam este atol como o segundo melhor lugar do mundo para mergulho, perdendo apenas para as Maldivas. O fato de ter somente duas grandes passagens por onde a água entra e sai da lagoa, faz com que a fauna nestes pontos sejam riquíssima. Durante o nosso mergulho pudemos avistar: tubarões, arraias, moreas, peixes exóticos como o napoleão, barracudas gigantes e até mesmo golfinhos.
Após 3 dias em Rangiroa, tivemos que iniciar nossa volta ao Brasil. Tudo ocorreu exatamente como planejado, graças a experiência e competência da nossa agência de turismo: Cinqtours (www.cinqtours.com.br). Nossa lua de mel foi única e exclusivamente nossa: nada de muséus, monumentos, igrejas antigas, pontos históricos. Foram duas semanas comtemplando o nosso amor e nos deliciando nas belezas deste paraíso chamado de Polinésia Francesa.

Anúncios

Sobre Maristela Gomez

Todos vivemos grandes paixões na vida. Nos apaixonamos de diferentes formas por pessoas, objetos e lugares. Eu sou uma destas pessoas que têm varias paixões: por lugares, por descobertas, por culturas, arquitetura... Uma das maiores é poder dividir as minhas paixões com pessoas em roteiros incríveis pelo mundo. Tel: (11) 5093-6305 Contato: maristela@cinqtours.com.br São mais de 20 anos de experiência e dedicação na realização de viagens.
Esse post foi publicado em Destinos, Eu Fui....uma história a dois, Experiências Únicas, Lua-de-mel, Lugares Inacreditáveis, Núpcias, Oceania, Polinésia Francesa (Tahiti). Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s